Maior Blog de Gestão de

Projetos do Brasil

Juntes aos nossos milhares de leitores e receba atualizações, ebook, webinario, planilhas, templates, artigos e dicas imperdíveis para ter sucesso na gestão de projetos.

product owner product owner

Agile Team: quais as funções do Product Owner em métodos ágeis?

O sucesso ou insucesso de um projeto pode ser em grande parte creditado a uma figura imprescindível nos métodos ágeis: o Product Owner. Entender sua importância, funções, competências, responsabilidades e rotina ajuda na escolha da liderança ideal ao posto em questão.

A atuação desse profissional orienta o desenvolvimento do produto, todo o trabalho a ser feito, assegura a realização de revisões e adaptações constantes no processo, garante o escopo e aumenta as chances de atendimento às necessidades, interesses e expectativas do cliente.

Siga na leitura para entender melhor como o ocupante de mencionada função tem poder para impactar as entregas da sua empresa e, consequentemente, seu posicionamento no mercado.

A  importância do Product Owner na gestão de projetos

Também conhecido como proprietário do produto, esse profissional acumula essa função na companhia somada ao cargo que efetivamente ocupa. O PO tem a responsabilidade de expressar uma visão clara daquilo que se deseja construir, transmitindo-a de maneira simples e objetiva para a equipe do Agile Team do Scrum.

Ele estabelece os procedimentos e etapas necessárias ao desenvolvimento do produto, aponta as prioridades, altera essas listas, garante o gerenciamento do escopo, checa as entregas e acompanha o trabalho do Development Team.

Quando a intenção é o lançamento de um novo software no mercado, por exemplo, o Product Owner faz a ponte entre o público-alvo e a equipe técnica do projeto. Ele traduz as necessidades, interesses, anseios e expectativas dos clientes (sejam eles internos ou externos) em funcionalidades, orientando a conduta de engenheiros e desenvolvedores.

Basicamente, a chave para o sucesso no desenvolvimento ágil está na capacidade do PO de direcionar os esforços da equipe de maneira eficiente, com foco nos resultados esperados pelos usuários do produto. De tal forma, as entregas são feitas conforme as especificações acordadas.

O Product Owner na era da informação

Esse profissional ganha evidência no contexto atual, caracterizado pelo constante avanço tecnológico, inserção das inovações digitais na vida das pessoas, nas empresas e automatização de processos.

O mercado é altamente exigente e dinâmico, e a concorrência hoje é acirrada em escala global. Sendo assim, é importante investir em métodos ágeis como o Scrum para realizar os projetos de um jeito rápido e consistente, com máxima qualidade.

De tal forma as empresas atendem à demanda do público (em constante mudança) na hora certa, evitam perder espaço para a concorrência e lançar um produto pouco útil, obsoleto ou que em breve se tornará ultrapassado.

A atuação do PO se mostra importante na era da transformação digital também por causa do poder da informação nesse contexto — afinal, o PO precisa analisar variáveis micro (fornecedores e clientes) e macroambientais (condições político-econômicas nacional, internacional, regional e local) no desenvolvimento do produto.

As funções do Product Owner

De maneira ilustrativa, é possível dizer que ele é o motorista dirigindo o carro para o rumo certo. É o dono do produto quem determina o que precisa ser feito e quando o software deve ser enviado, enquanto a equipe decide quanto trabalho pode ter em um sprint e como as tarefas serão de fato realizadas. Veja algumas atribuições da função.

Elaboração e gestão do Product Backlog

A ferramenta em questão consiste em uma lista de itens necessários ao desenvolvimento do produto a partir dos requisitos estabelecidos. O documento contém quais funcionalidades precisam ser criadas, podendo estar incompleto no início do projeto e sujeito a alterações.

A priorização do Product Backlog e sua descrição à equipe são feitos pelo Product Owner no Sprint Planning Meeting. Essa função do PO confere aos técnicos respaldo para eles definirem quais itens serão completados no sprint que irá começar.

De tal forma os requisitos viram funcionalidades a partir da quebra das tarefas em atividades menores, jeito efetivo de executar as atribuições, realizar as entregas conforme os critérios definidos, controlar e corrigir o trabalho.

Coordenação do planejamento de sprints

O Product Owner detém as informações do projeto, faz a ponte entre o cliente e a equipe técnica composta por engenheiros e desenvolvedores que recorrem a esse líder em caso de dúvida. Sendo assim, cabe a ele a condução das reuniões nas quais os sprints são estabelecidos.

O PO é o responsável por descrever as estórias do usuário, maneira de exprimir para o Development Team as necessidades do público-alvo, evidenciando o que, para quem e por que o produto será criado. Assim, o ongoing do projeto melhora e o fluxo de trabalho permanece fluido enquanto o escopo é assegurado.

Fornecimento de feedback

O Product Owner pode participar da retrospectiva e do demo de forma a acompanhar o desenvolvimento do produto de perto (correção de bugs e otimizações operacionais), direcionando a tomada de decisão da equipe técnica e garantindo o cumprimento dos requisitos.

A participação desse profissional no Sprint Review Meeting, além de manter engenheiros e desenvolvedores nos trilhos, colhe informações sobre o andamento do projeto para os stakeholders. Por causa da necessidade de administrar os envolvidos no projeto, o PO precisa ser um bom comunicador, habilidade sobre a qual falaremos adiante.

Outras funções

O dono do produto ainda se encarrega de refinar o Backlog Product, aprovar estórias e mudanças nas prioridades, participar do desenvolvimento de critérios de aceitação das estórias e facilitar a implementação do software, razão pela qual é possível afirmar que ele trabalha como um facilitador ou intermediário.

Diferenças entre o Product Owner e o Product Manager

Em suma, o primeiro tem papel técnico e o segundo, estratégico. O PO atua diretamente com engenheiros e desenvolvedores, enquanto o PM tem sua rotina laboral e atribuições ligadas aos departamentos de marketing, vendas e finanças.

O Product Manager se encarrega de definir o mercado, realizar pesquisas, cuidar da precificação e do out to market. Ele olha o projeto como um todo enquanto o Project Owner elenca e desmembra as tarefas nos sprints com a equipe técnica.

Vale ressaltar: o PM geralmente só existe em corporações cujo produto desenvolvido já está maduro, razão pela qual é exigida uma maior governança. É comum essa função ser desempenhada pelo PO em startups e empresas de tecnologia menores. De qualquer maneira, ele precisa ter visão do negócio para atuar de forma completa.

Competências essenciais ao Product Owner

As empresas têm exigido cada vez mais conhecimento técnico desse profissional por causa da necessidade de implementar cada vez mais a tecnologia no desenvolvimento de produtos.

Você pode até não saber codificar — mas se souber, é um diferencial no mercado de trabalho —, porém precisa entender sobre linguagem de programação, por exemplo. Confira na sequências outras competências esperadas do Product Owner.

Visão sistêmica

O PO deve possuir sólida compreensão do público-alvo, do mercado, da concorrência, das tendências e do tipo de sistema que está sendo desenvolvido. Assim ele ajusta tempo, orçamento e qualidade orientando o Development Team dentro dos critérios de aceitação estabelecidos e especificações acordadas.

Alinhar t.i. e negócios fazendo a gestão de prioridades para uma entrega acelerada não é tarefa fácil. A visão sistêmica ajuda o Product Owner a analisar o MVP e, assim, maximizar o ROI, enquanto concentra seus esforços na satisfação do usuário.

Boa comunicação

Já citamos como uma das funções do PO a gestão de stakeholders. Lidar com executivos, equipe técnica e usuários atendendo o interesse de todos exige desse profissional clareza e objetividade nas informações prestadas.

Saber se comunicar bem garante a sinergia entre os grupos com prioridades distintas: os diretores estarão mais preocupados com o investimento enquanto os clientes focam na qualidade do produto, por exemplo. Ainda, mencionada competência do Product Owner é fundamental ao trabalho dos desenvolvedores, conforme os requisitos estabelecidos.

Liderança

Motivar e engajar os colaboradores, tomar decisões, calcular e assumir riscos, definir as diretrizes do projeto, realizar análises e dar feedbacks. O PO faz o trabalho acontecer e garante o alinhamento da equipe estimulando o trabalho de forma ordenada, rápida, consistente e focada na satisfação do usuário.

As características do Product Owner

Entre as que podem ser destacadas para o desempenho de um bom papel na função de dono do produto podemos citar uma decisiva: o poder. Esse profissional deve ter autonomia e autoridade para conseguir resultados ótimos promovendo métodos ágeis.

De fato, a maioria dos projetos com POs de autoridade frágil, sem efetivo poder na organização, certamente estarão submetidos a uma performance inferior. Por mais que orçamento e qualidade sejam atendidos, o terceiro elemento do tripé, o tempo, fica prejudicado com os projetos, tendendo a nunca chegar à velocidade máxima.

A performance fraca prejudica principalmente a produtividade, causando impactos negativos no cronograma. Se o um novo software vai ser lançado, prazos precisam ser estipulados porque o cliente espera o produto para tornar sua vida mais fácil. Extrapolar as datas estabelecidas gera frustração e pode comprometer a imagem da empresa.

Além da questão da autoridade, podemos elencar outras três características fundamentais para um Product Owner se destacar na função. Falamos sobre elas na sequência. Confira!

Compreensão das necessidades dos clientes

Assimilar completamente o que os clientes precisam para conseguir enxergar como o produto final satisfará essas demandas permite ao PO descrever, priorizar e comunicar o que é realmente importante ao Scrum Team. Além disso, dá a ele conhecimento para responder todas as perguntas relacionadas ao desenvolvimento do produto.

O Product Owner deve expressar o que fornece valor agregado a partir da perspectiva do cliente, forma efetiva de elaborar as user stories e orientar o trabalho de analistas, desenvolvedores, engenheiros, do Scrum Master e outros colaboradores envolvidos no projeto.

Gestão ativa das partes interessadas

A gestão proativa dos stakeholders é particularmente importante em grandes empresas pois o rol de partes interessadas inclui não somente os clientes, mas também técnicos, leigos, colaboradores, fornecedores, acionistas, executivos, diretores, conselheiros, parceiros comerciais de forte expressividade no mercado e a sociedade como um todo.

Isso obriga o Product Owner a levar em conta e saber priorizar diversos anseios e expectativas desde o início. Essa gestão ativa é fundamental para assegurar a entrega do produto de acordo com as necessidades identificadas, essencial para garantir o sucesso do método ágil.

Conhecimento básico do software

Saber como o software é desenvolvido torna a comunicação do PO com a equipe muito mais simples. Esse tipo de conhecimento auxilia os donos de produtos a compreenderem melhor a dinâmica de trabalho do Agile Team e como os sistemas como o Scrum são importantes para sustentar a alta velocidade de interações.

Esse conjunto de habilidades gerais implica dizer que, idealmente, o Product Owner seria um profissional híbrido, capaz de olhar para fora (entendendo as necessidades do cliente final) e ao mesmo tempo olhar para dentro (observando os processos internos para gerar valor ao produto).

Divisão de competências

É importante ressaltar: embora o PO priorize aquilo que deve ser feito durante a reunião de planejamento do sprint, a equipe de desenvolvimento seleciona a quantidade de trabalho que acredita ser capaz de realizar durante cada sprint e também quantos sprints precisam acontecer até completar o ciclo total.

A premissa é a seguinte: os membros do Agile Team detêm o conhecimento técnico imprescindível à realização do projeto e sabem melhor do que efetivamente são capazes de fazer dentro de um determinado prazo.

Comprometimento e alinhamento

Os melhores POs também mostram uma postura de elevado compromisso, fazendo absolutamente tudo o que for necessário para desenvolver o melhor produto possível enquanto engajam ativamente os componentes do time.

Ainda, cabe a esse profissional garantir o alinhamento da equipe, definir restrições e delegar tarefas. Suas diretrizes orientam não apenas o trabalho realizado mas a conduta dos colaboradores conforme as crenças, valores e políticas da empresa sem deixar de priorizar as necessidades dos usuários.

O PO ágil entende e assimila bem seu nicho de atuação, as dores do cliente e as peculiaridades do negócio, conhecimentos que lhe darão os subsídios necessários para tomar decisões, assumir riscos e se comunicar com os stakeholders.

Esclarecida a importância, as funções, competências e características do Product Owner, podemos afirmar que ele é o maestro do Agile Team. Sua atuação ganha evidência na era da transformação digital, principalmente pelo poder que ele tem detendo a informação em suas mãos.

Gostou do assunto? Continue atualizado sobre as melhores ferramentas, práticas e recursos do gerenciamento de projetos assinando a newsletter da Project Builder!


Walquiria Lima e San-Thiago

Advogada, Administradora, MBA Gerenciamento de Projetos

Comece Agora!

falar-com-consultor-de-projetos

Quero falar com consultor

Converse com um de nossos especialistas sobre o Project Builder

Fale com consultor

demosntracao-software

Quero ver uma demonstração

Veja em detalhes como o Project Builder funciona.

Solicitar Demonstração

teste-programa-portfolio

Quero fazer um teste

Conheça na prática e use o PB por 15 dias gratuitamente

Solicitar teste

Para receber nossas novidades:

A Project Builder tem uma equipe pronta para entender suas necessidades e propor soluções efetivas.
info@projectbuilder.com.br

Av. Rio Branco 109, sala 2201 (cobertura)
Centro - Rio de Janeiro - RJ
CEP 20040-004

© 2019 Project Builder
Gerenciamento de Projetos

endeavor_empresas
Open chat
%d blogueiros gostam disto: