Blog PB

Tudo sobre Gestão de Projetos.

alocação de recursos em projetos

Entenda como o Project Builder realiza o controle de alocação de recursos em projetos

A produtividade é uma questão determinante para os resultados de qualquer organização, independentemente do porte e/ou do segmento em que ele atua. Por isso, a cada novo negócio (senão a cada expediente), costuma despontar na cabeça dos gestores a incerteza acerca da melhor forma de alocação de recursos em projetos.

O mercado contemporâneo, por outro lado, também é pródigo em oferecer ferramentas que facilitam as rotinas e endossam posturas de alta performance — desde que as particularidades e as necessidades da operação sejam plenamente atendidas. É preciso estar atento às soluções capazes de maximizar os resultados!

Se você busca alavancar seus processos e otimizar os recursos empresariais, extraindo o máximo de retorno da equipe e dos insumos, com certeza encontrou o conteúdo certo! Neste post você conhecerá um pouco mais do Project Builder, uma plataforma inovadora que poderá ajudá-lo a controlar operações e a gerir os times alocados.

Conheça as funcionalidades do sistema e veja como ele pode contribuir para tornar o seu negócio ainda mais produtivo e lucrativo. Boa leitura!

As principais dificuldades na alocação de recursos em projetos

A máxima de que tempo é dinheiro é bastante antiga no mundo dos negócios e, ano após ano, se prova cada vez mais verdadeira e atual. O tempo é escasso e, por isso, saber aproveitá-lo com eficiência pode ser (e provavelmente é) determinante no sucesso e na perenidade do negócio.

Na prática, cada novo projeto fechado é uma celebração de sucesso, mas também um desafio que começa: é hora de traçar a estratégia de serviços e ajustar a demanda. É aí que a alta performance na alocação de recursos faz toda a diferença.

Por que é tão complicado alinhar expectativas e ajustar a execução do projeto? Na maioria das vezes, a maior dificuldade está na lacuna de informação. Primeiro, o gestor encontra empecilhos para observar, de forma ampla e concisa, como está a agenda da equipe.

Depois, tem dúvidas a respeito das competências técnicas dos profissionais disponíveis. Quando finalmente define-se o escopo do projeto, designando o time responsável, surgem outras dúvidas: o tempo de execução foi corretamente estimado ou há risco de ociosidade? A alocação excessiva de profissionais pode gerar custos desnecessários?

Muitos são os questionamentos, mas é certo que as respostas podem vir de um só lugar. Quando os líderes contam com uma solução eficaz para gerir projetos — e todos os recursos que a ele estão ligados, sejam humanos ou materiais —, as decisões são certamente mais assertivas e mais lucrativas.

Ao acessar, em detalhes, o panorama de disponibilidade e o rol de competências da equipe, o gestor é capaz de estruturar as melhores composições, minimizando a incidência de operacionais que podem causar prejuízos.

Os impactos negativos de uma gestão de projetos deficiente

Por falar em prejuízos, convém aprofundar o assunto um pouco mais. Para começar, é válido dizer que, em um mercado altamente competitivo, qualquer equívoco de gestão pode culminar na derrocada do negócio. Trata-se de um caminho sem volta.

Ao administrar projetos com base na intuição (“acho que essa agenda vai funcionar” ou “vamos ajustando à medida que formos progredindo com o projeto” são afirmações perigosas), o líder corre sérios riscos.

Dentre os impactos negativos de uma gestão de projetos deficiente, podemos elencar:

  • equipe ociosa graças à falha na estimativa de tempo para a execução de cada tarefa;
  • superalocação de profissionais derivada da falta de conhecimento acerca das demandas e dos ritmos de trabalho;
  • falta de controle de todo o processo pela ausência de uma ferramenta capaz de prover informações em tempo real;
  • desperdício de recursos, principalmente em relação ao capital humano.

O Project Builder como recurso de produtividade e otimização

Diante de tudo isso, surge, então, a pergunta: como é possível melhorar a produtividade e o retorno dos projetos? A solução é tecnológica e traz resultados bastante expressivos ainda no curto prazo.

O Project Builder é justamente a ferramenta que você precisa para gerenciar demandas e recursos com coerência e eficácia. Mais do que um sistema que centraliza, endereça e condensa os dados estratégicos, o PB agrega metodologia e automação às rotinas de trabalho.

Na prática, o software proporciona amplo gerenciamento de projetos, administração de portfólios, gestão de equipes e visão estratégica. Ou seja: tudo o que um gestor precisa para alinhar cenários e prover a melhor experiência na prestação de serviços.

A utilização do Project Builder suscita uma série de impactos e benefícios diretos. É possível, por exemplo, identificar a disponibilidade de recursos e definir, com exatidão e agilidade, a capacidade de entrega.

Com informações detalhadas a respeito do projeto e da equipe, a superalocação de profissionais e a ociosidade operacional são facilmente extintas. Por falar em equipes, o PB também contribui para que os times designados trabalhem com a máxima produtividade e eficiência.

O sistema promove uma visão integrada das atividades mais importantes e da performance dos envolvidos, emitindo lembretes proativos das atividades programadas. Quando as tarefas estão bem alinhadas e, por consequência, os profissionais as executam com consciência e engajamento, o resultado tende a ser amplamente positivo.

E mais: para acompanhá-los de perto, o gestor consegue visualizar indicadores estratégicos e reúne insights importantes para administrar projetos e negócios com mais segurança.

Dentre os benefícios que o PB confere aos líderes da alta produtividade, portanto, destacam-se:

  • economia com os custos do projeto (controlando prazos e evitando ônus de atraso, por exemplo);
  • melhora na qualidade dos entregáveis, uma vez que designa os profissionais adequados a cada tarefa;
  • aumento da satisfação dos seus clientes, que reconhecem a eficiência do serviço prestado;
  • registro de todas as etapas do projeto, evitando falhas de comunicação e possíveis deficiências na prestação;
  • facilidade em fazer reports para outras áreas, melhorando o fluxo de informação;
  • controle assertivo de todo o projeto, com visualização ampla de recursos e estimativas de tempo (considerando performance e competências).

Não seria equivocado dizer, por fim, que o Project Builder figura como uma ferramenta altamente eficiente para a alocação de recursos em projetos. A utilização do software para controlar as rotinas do negócio é determinante para prover resultados cada vez mais significativos e duradouros. Invista!

O conteúdo foi útil e despertou em você a vontade de começar a fazer diferente? Uma resposta positiva é o que seu negócio precisa para crescer ainda mais. Entre em contato conosco e veja como podemos ajudá-lo!

Comece Agora!

falar-com-consultor-de-projetos

Quero falar com consultor

Converse com um de nossos especialistas sobre o Project Builder

Fale com consultor

demosntracao-software

Quero ver uma demonstração

Veja em detalhes como o Project Builder funciona.

Solicitar Demonstração

teste-programa-portfolio

Quero fazer um teste

Conheça na prática e use o PB por 15 dias gratuitamente

Solicitar teste

A Project Builder tem uma equipe pronta para entender suas necessidades e propor soluções efetivas.
info@projectbuilder.com.br

Av. Rio Branco 109, sala 2201 (cobertura)
Centro - Rio de Janeiro - RJ
CEP 20040-004

© 2018 Project Builder
Gerenciamento de Projetos

endeavor_empresas
%d blogueiros gostam disto: