Blog PB

Tudo sobre Gestão de Projetos.

Afinal, o que determina uma empresa moderna?

Uma empresa moderna não é determinada pelo seu produto/serviço final, como uma que produza novas tecnologias. Esse título é dado pela forma como ela gerencia seus recursos internos, bem como se antecipa às oportunidades e ameaças do mercado.

Desse modo, é possível afirmar que empresas que trabalham com artesanato podem ser extremamente modernas. Enquanto outras, que desenvolvem tendências de mercado, podem ter seus processos completamente ultrapassados.

Uma companhia moderna lida muito melhor com seus recursos, sabendo otimizá-los para o beneficio de todos os stakeholders. Por consequência, consegue se destacar no mercado, diferenciando-se dos concorrentes e ganhando o coração do seu público-alvo.

Pensando em tudo isso, criamos um guia especialmente para você. Hoje, vai descobrir o que determina uma empresa moderna. Continue lendo e fique por dentro do assunto!

Estruturação de equipes de trabalho enxutas

As companhias mais avançadas desenvolvem seu trabalho com equipes pequenas, seja para a venda de novos produtos ou desenvolvimento de projetos. O motivo é simples: times enxutos são mais fáceis de conduzir, bem como motivar e avaliar os resultados.

Mesmo sendo pequenas em quantidade, as equipes devem ser compostas por pessoas talentosas, com competências complementares e que beneficiem a organização em geral. Também devem se reportar a uma única pessoa, seja o gerente de projetos ou um supervisor imediato.

A questão é, o que é um time enxuto? Para Jeff Bezos, fundador da Amazon, o número de pessoas envolvidas em uma tarefa deve ser alimentado com apenas duas pizzas — o que ficou conhecido como “regra das duas pizzas”. Isso representa uma equipe entre 6 e 8 pessoas.

Também é preciso dar mais autoridade para atuação, deixando de limitar os profissionais às atividades puramente técnicas. Reúna-se com a equipe para elaborar metas desafiadoras, analisar o mercado e desenvolver novas soluções para os problemas.

Construção de uma cultura com foco na inovação

A cultura de uma companhia é representada pelas crenças, hábitos e valores compartilhados internamente. Ela molda a forma como cada trabalhador pensa, age e reage às diferentes situações cotidianas. Mas, afinal, qual a cultura das empresas modernas?

Existem muitos tipos, aliás, cada empresa é singular e tem seu próprio conjunto de crenças, hábitos e valores. Algumas focam mais na produtividade, outras na satisfação dos clientes. Ainda outras, na construção de um ambiente de criatividade e inovação.

A cultura com foco na inovação garante que novas soluções sejam criadas, sempre com ênfase na satisfação dos clientes e na otimização do modelo de negócios. Confira algumas dicas para desenvolvê-la de modo eficaz:

  • reduza o número de procedimentos burocráticos;
  • estimule os colaboradores a pensar como donos do negócio;
  • abrace a experimentação e prototipagem;
  • descentralize o poder da tomada de decisões;
  • melhore os processos de comunicação interna.

Levantamento de indicadores-chave de desempenho

Nas empresas modernas, mensurar os resultados alcançados pelas equipes, áreas ou projetos é quase que uma obrigação. A ideia de gerenciar com base nos palpites é deixada em segundo plano, como deve ser. Veja, agora, alguns dos indicadores mais importantes:

  • nível de satisfação dos clientes;
  • taxa de evasão de clientes;
  • lifetime value;
  • índice de turnover;
  • retorno sobre o investimento;
  • índice de liquidez do negócio.

Esses são apenas alguns exemplos, mas existem muitos outros. Bons indicadores contribuem para que o gestor tome decisões assertivas, atue de forma estratégica no mercado e sempre com foco em resultados reais para todo o empreendimento.

Alguns ainda vão além, compartilham esses indicadores com seus colaboradores, mantendo-os informados sobre o desempenho da empresa ou unidade de negócio. Essa estratégia é conhecida como gestão à vista, e garante mais transparência ao trabalho.

Encorajamento da liderança pelo exemplo

Toda companhia precisa de bons líderes para o seu crescimento, pessoas que atuem como protagonistas e indiquem o caminho correto a ser percorrido. Contudo, nas companhias mais modernas, a ideia de liderança que coage (o chefe tradicional) é dispensada.

A preocupação está em desenvolver líderes que atuem como um exemplo no dia a dia, mostrando — na prática — como as coisas devem ser feitas. O antigo ditado “faça o que eu falo, mas não faça o que faço”, deve ser abolido de qualquer empresa que deseje crescer.

Um líder exemplar é aquele que entrega resultados reais para a empresa, equilibra de forma adequada seu tempo e está sempre disposto a alcançar resultados ainda maiores.

Não por acaso, algumas das empresas mais bem-sucedidas investem bastante no desenvolvimento de líderes do amanhã. Um ótimo exemplo é a Unilever, onde cada trainee (que será um líder no futuro) passa por um programa de capacitação de 3 anos.

Desenvolvimento de OKRs desafiadoras

As metas atuam como uma grande bússola para a companhia, direcionando todos rumo aos objetivos desejados. Mas é preciso saber definir metas inteligentes, geralmente no padrão SMART (específicas, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e com tempo bem definido).

Uma variação de meta que tem ganhado cada vez mais destaque é o OKR, acrônimo de Objectives and Key Results (objetivos e resultados-chave). Consiste na definição de um objetivo ambicioso e, depois, seu desmembramento em pequenos resultados-chave.

Veja, agora, um exemplo:

  • OBJETIVO: ser a maior empresa da América Latina;
  • KR1: reduzir a taxa de Churn Rate em 30%;
  • KR2: otimizar o ticket médio em R$1.000,00;
  • KR3: aumentar em 20 pontos o NPS.

Na prática, é importante definir poucas OKRs (uma média de 5) por equipe, garantindo que cada profissional foque no que realmente importa para o crescimento. Se possível, desenvolva 50% das OKRs com os profissionais, assim conseguirá engajar ótimas conquistas.

Implementação de novas tecnologias

Outro ponto comum nas empresas modernas é o investimento em novas tecnologias, capazes de agregar mais rapidez e assertividade aos projetos e tarefas diárias. Mas é preciso estar com o “radar corporativo” apurado, pronto para identificar ferramentas que possam beneficiar o negócio e contribuir para um crescimento fora da curva.

Dentre as principais tecnologias, é possível destacar sistemas que facilitem a comunicação interna empresarial, o desdobramento de metas (ou OKRs) para as equipes de trabalho e a melhor gestão dos recursos empregados em cada projeto.

Nesse sentido, é importante contar com um bom software de gerenciamento de projetos. Além das funções acima descritas, ele também contribui para a formulação de equipes, acompanhamento do estágio dos projetos que estão sendo desenvolvidos, facilita a aprovação de propostas, o monitoramento de KPIs, dentre muitas outras funções.

Essas são as principais características que representam uma empresa moderna. Ao aplicá-las em sua companhia, conseguirá estar à frente da concorrência. No final, terá clientes mais felizes, funcionários motivados e um empreendimento muito mais próspero.

Se você gostou do nosso conteúdo e está pronto para modernizar seu empreendimento, aproveite para assinar nossa newsletter e ficar sempre por dentro das nossas novidades!

Comece Agora!

falar-com-consultor-de-projetos

Quero falar com consultor

Converse com um de nossos especialistas sobre o Project Builder

Fale com consultor

demosntracao-software

Quero ver uma demonstração

Veja em detalhes como o Project Builder funciona.

Solicitar Demonstração

teste-programa-portfolio

Quero fazer um teste

Conheça na prática e use o PB por 15 dias gratuitamente

Solicitar teste

A Project Builder tem uma equipe pronta para entender suas necessidades e propor soluções efetivas.
info@projectbuilder.com.br

Av. Rio Branco 109, sala 2201 (cobertura)
Centro - Rio de Janeiro - RJ
CEP 20040-004

© 2018 Project Builder
Gerenciamento de Projetos

endeavor_empresas
%d blogueiros gostam disto: