Blog PB

Tudo sobre Gestão de Projetos.

projeto foi um sucesso

O projeto foi um sucesso?

Existem várias formas de medir se o projeto foi um sucesso. Acompanhar o escopo, se manter dentro do custo e cumprir o prazo de entrega são as formas mais tradicionais para as empresas. Porém, talvez isso não reflita completamente os resultados que a empresa ou que o cliente estava esperando.

Dessa forma, é fundamental que o gestor tenha em mente que algumas outras métricas são tão importantes quanto um escopo em dia e que esse tipo de acompanhamento pode favorecer não apenas o projeto em si, mas o desempenho de todos os agentes que participaram dele.

Mas como saber se o resultado final saiu como esperado? Para ajudá-lo, listamos abaixo algumas dicas para você descobrir se o projeto foi um sucesso ou um fracasso.

Novas formas de medir

Basicamente, todo projeto é baseado na premissa de que o investimento deve retornar para a empresa ou para o contratante. Esse retorno pode ser medido na forma financeira, que é o meio mais tradicional, ou considerando os benefícios gerados.

O problema de se medir o sucesso de um projeto através dos benefícios gerados por ele é o fato de que essa métrica muitas vezes é baseada em resultados subjetivos. Um novo software, por exemplo, que facilite a comunicação entre os funcionários pode agilizar a forma como a empresa troca informações, mas não necessariamente irá incrementar de imediato o faturamento. De qualquer forma, o projeto alcançou o objetivo e deve ser encarado como um sucesso.

Esse tipo de métrica precisa considerar os benefícios trazidos pelo projeto em relação ao contexto da empresa. De nada adianta criar um projeto dentro do custo e do prazo que não será útil em algum ponto, financeiramente ou em outros setores do negócio.

Os agentes envolvidos no sucesso

Grande parte da responsabilidade do sucesso ou fracasso de um projeto é do gestor. A ideia é de que nenhum gestor inicie um projeto pensando em não cumprir a tríade de tempo, escopo e custo, mas também se espera dos gestores que haja outras métricas além dessas para se entender o sucesso do projeto.

Um bom exemplo dessa responsabilidade ocorre entre empresas digitais. Esse tipo de empresa, em geral, experimenta uma fase de comprovação de hipóteses onde não se espera retorno financeiro dos projetos desenvolvidos. Muitos deles, inclusive, somam mais à empresa quando fracassam, deixando como legado o aprendizado necessário. Cabe aos agentes envolvidos, principalmente ao gestor, entender que mesmo que o projeto tenha falhado, a experiência ainda foi válida.

É claro que medir o sucesso de um projeto baseado nos benefícios que ele trará para a empresa ou até no aprendizado dos erros e falhas pode ser uma maneira arriscada de se propor. Certamente é uma metodologia que não funciona com todas as empresas e pode não ser bem encarada por diretores mais ortodoxos, que limitam o sucesso de um projeto ao seu retorno financeiro.

De qualquer forma, estar aberto a essas novas formas pode trazer benefícios não apenas para os próximos projetos, mas para as pessoas envolvidas na sua execução, que se sentirão mais livres para desenvolver o projeto de uma forma mais flexível e aberta.

Alguma dúvida? Aproveite os comentários abaixo para entrar em contato.

Já sabe identificar se o projeto foi um sucesso? Compartilhe!

Comece Agora!

falar-com-consultor-de-projetos

Quero falar com consultor

Converse com um de nossos especialistas sobre o Project Builder

Fale com consultor

demosntracao-software

Quero ver uma demonstração

Veja em detalhes como o Project Builder funciona.

Solicitar Demonstração

teste-programa-portfolio

Quero fazer um teste

Conheça na prática e use o PB por 15 dias gratuitamente

Solicitar teste

A Project Builder tem uma equipe pronta para entender suas necessidades e propor soluções efetivas.
info@projectbuilder.com.br

Av. Rio Branco 109, sala 2201 (cobertura)
Centro - Rio de Janeiro - RJ
CEP 20040-004

© 2018 Project Builder
Gerenciamento de Projetos

endeavor_empresas
%d blogueiros gostam disto: