Maior Blog de Gestão de

Projetos do Brasil

Junte aos nossos milhares de leitores e receba atualizações, ebook, webinario, planilhas, templates, artigos e dicas imperdíveis para ter sucesso na gestão de projetos.

gestão de projetos na construção civil

Saiba como garantir a eficiência da gestão de projetos na construção civil

A gestão de projetos na construção civil não é uma tarefa fácil, isto é, deve-se considerar uma série de variáveis para garantir a eficiência. Caso contrário, é possível que se perca competitividade e que os objetivos inicialmente definidos não sejam alcançados.

Imagine a reforma de uma casa: há uma data para iniciar e também uma previsão de término. Porém, ao longo desse período, uma série de adversidades devem ser vencidas. É possível citar: a desmotivação dos operários, a falta de recursos ou até a mudança de escopo do produto.

Pensando em tudo isso, criamos um guia para você. Hoje, será possível entender como garantir a eficiência da gestão de projetos na construção civil, com dicas práticas e eficazes. Continue lendo e fique por dentro do assunto. Boa leitura!

Conheça o ciclo de vida do projeto

O que diferencia um projeto de processos rotineiros é justamente sua temporalidade, isto é, todo projeto apresenta: início, meio e fim. Conhecer essas partes ajuda a gerenciá-las com maior qualidade, bem como antecipar problemas que possam surgir.

Imagine novamente a reforma da casa, há etapas de: alinhamento de ideias, contratação de serviços, aquisição de materiais e reforma interna. De forma genérica, é possível dividir todo projeto em cinco grupos principais de fases. Veja:

  1. iniciação: avaliação da viabilidade e assinatura do termo de abertura;
  2. planejamento: definição de objetivos mais específicos e plano para alcançá-los;
  3. execução: alocação de pessoas e recursos para atingir o escopo;
  4. monitoramento e controle: avaliação contínua dos resultados alcançados;
  5. finalização: encerramento e aceitação da obra.

Cada um desses grupos deve ser exercido com maestria para que se tenha eficiência na gestão do projeto. É preciso considerar que os custos de correção sofrem aumento de cerca de 10 vezes mais de uma fase para outra, então, é preciso ter atenção desde o início.

Desenvolva uma equipe completa e eficaz

A equipe de trabalho influencia diretamente no sucesso do projeto. Isso porque ela estará envolvida em cada uma das etapas e será responsável pelas principais entregas da obra. Então é preciso contar com operários eficientes e motivados.

Nesse sentido, é interessante conhecer o modelo de Tuckman, uma ferramenta que mostra o ciclo de vida de uma equipe. Para ele, toda equipe começa com a formação, passa pela integração, chega na alta performance e, no fim do projeto, é dissolvida.

É importante destacar que todo gestor de projetos na construção civil, seja um engenheiro ou arquiteto, também é um gestor de pessoas. Por essa razão, deve saber integrar equipes, bem como manter seus participantes alinhados e motivados no decorrer do trabalho.

Conheça os stakeholders do projeto

Todo projeto depende do consentimento e aprovação de diversas pessoas, e não apenas dos clientes e funcionários envolvidos. Esse grupo de interesse é chamado de stakeholder, e deve ser sempre considerado para que não haja aborrecimentos ao longo do projeto.

Como exemplo, é possível destacar:

  • clientes;
  • patrocinadores (financiadores do projeto);
  • gerente do projeto;
  • equipe do projeto;
  • sociedade em geral;
  • órgãos reguladores.

É realmente importante conhecer os interesses das partes interessadas no projeto, porque, muitas vezes, eles são conflitantes e podem gerar resistência ao que está sendo feito. Isso resulta em atrasos e até no cancelamento da obra, em casos mais extremos.

Defina objetivos claros e inteligentes para a equipe

Os objetivos representam entregas que devem ser feitas ou, ainda, resultados que precisam ser conquistados. Ao defini-los, é possível manter toda a equipe mais alinhada, engajada e comprometida com os resultados. Para tanto, um importante padrão é o SMART.

Todo objetivo deve ser/ter:

  • specific (específico);
  • measurable (mensurável);
  • attainable (alcançável);
  • relevant (relevante);
  • time-based (com prazo certo).

Assim, o objetivo de um projeto não é apenas “construir um hospital”. É, na verdade, “construir o hospital Madre Tereza, com um total de 15.000 m², no valor de R$ 200 mil, a ser entregue no dia em 06 de abril de 2019”. Então nunca esqueça de desenvolver objetivos SMART.

Facilite o processo interno de comunicação

O diálogo com os stakeholders e, especialmente, com os operários é um dos fatores mais importantes para a eficiência na gestão de projetos. A falta de comunicação resulta em erros operacionais, conflitos e até acidentes no canteiro de obra.

Dentre os principais elementos da comunicação, é preciso considerar:

  • emissor: quem emite a mensagem;
  • receptor: quem recebe a mensagem, sua audiência;
  • mensagem: aquilo que é comunicado;
  • código: maneira como a mensagem se organiza;
  • veículo (ou canal): meio usado para circular a mensagem.

A adequada comunicação também depende da implementação de canais que facilitem o percurso da mensagem, assim, os ruídos serão eliminados. Como exemplo de canais, é possível destacar: sistemas de gestão de projetos, aplicativos mobile e murais de recados.

Monte um cronograma e subdivida as entregas

Como já dito, um projeto é composto por diversas partes. A reforma da casa depende da colocação dos azulejos, da restauração da parte hidráulica e da pintura dos cômodos. Cada uma dessas partes deve ser devidamente pontuada, definindo-se prazos e padrões de qualidade.

Para tanto, é preciso fazer uso da Estrutura Analítica de Projetos (EAP), também chamada de Work Breakdown Structure. Sua estrutura é representa por um gráfico com atividades e subatividades a serem realizadas ao longo de determinado período.

Para ficar mais claro, a EAP define o que deve ser entregue e faz sua dissolução em pequenos pacotes de trabalho. Ela favorece uma visão estruturada para o gestor do projeto e os demais stakeholders, facilitando o alinhamento e a pontualidade nas entregas.

Conte com um bom sistema de gestão de projetos

A adequada gestão de projetos na construção civil depende de sincronia entre diversos recursos, pessoas, processos, prazos, normas e padrões de qualidade. Para que essa demanda seja atendida, é indispensável contar com a ajuda da tecnologia.

Por exemplo, um bom sistema de gestão de projetos auxilia na comunicação com a equipe, na definição dos objetivos e responsáveis, na mensuração da produtividade e na alocação dos recursos. Assim, é possível mitigar os riscos e alcançar as conquistas inicialmente definidas.

Veja, todas são dicas importantes! Aproveite para aplicá-las no planejamento e execução das suas obras, assim, será possível atuar de forma mais estratégica. Todo projeto, por menor que seja, depende de atenção e do comprometimento, então, aplique as dicas aqui citadas.

Gostou do conteúdo? Está pronto para otimizar sua gestão de projetos na construção civil? Agora, aproveite para deixar seu comentário. Compartilhe suas dúvidas ou sugestões!

%d blogueiros gostam disto: