Entenda o que é a garantia da qualidade em seus projetos

Tempo de leitura: 6 minutos

Qualquer que seja o seu projeto, ele deve apresentar bons atributos, não é verdade? Ou seja, é necessário que ele tenha garantia da qualidade.

Esse conceito tem sido muito útil para os empreendimentos modernos de qualquer segmento, pois eles priorizam a qualidade final do resultado, que, certamente, garante a eficiência do projeto e a satisfação do cliente.

Leia o post para compreender melhor o que é garantia da qualidade e como tal aspecto pode influenciar em seus projetos de forma positiva!

O que é garantia da qualidade

A garantia da qualidade corresponde à realização de uma auditoria dos requisitos de qualidade e dos resultados das medições de controle de qualidade. Ela tem a finalidade de assegurar que sejam usados os padrões de qualidade e as definições operacionais adequadas em um projeto. Esse processo utiliza os dados que são criados durante a gestão de qualidade.

Quem coordena esse processo é o Setor de Garantia da Qualidade ou outro setor similar. Esse suporte de supervisão deve ser oferecido à equipe envolvida no projeto, ao gerente da organização responsável pela execução, ao patrocinador do projeto, ao cliente e/ou a quaisquer outras partes que não se envolvam de forma direta com o projeto.

O que faz o processo Realizar a Garantia da Qualidade

A efetuação da garantia da qualidade se propõe a aperfeiçoar continuamente o projeto, investindo na melhoria dos atributos dos processos envolvidos.

A melhoria continuada dos processos contribui para reduzir desperdícios e extinguir aquelas atividades inúteis que implicam em custos. Ela permite, também, que os processos sejam realizados com níveis mais elevados de eficácia.

Veja, a seguir, as divisões e as etapas na realização da garantia da qualidade.

As entradas

As entradas dividem-se em:

  1. plano de gestão do projeto;
  2. métricas da qualidade;
  3. informações sobre o desempenho do trabalho;
  4. medições de controle da qualidade.

Plano de gestão

O plano de gestão se compõe de informações importantes para a garantia da qualidade: explica como a garantia da qualidade será usada dentro do projeto (plano de gerenciamento da qualidade) e detalha os passos para avaliar os processos e identificar quais atividades realmente agregam valor (plano de melhorias no processo).

Métricas da qualidade

A medição de métricas da qualidade é uma definição operacional cuja finalidade é descrever especialmente um atributo do projeto, determinando como o controle do processo de qualidade vai medi-lo. Trata-se, portanto, de um valor real.

Elas envolvem questões como: desempenho dentro do prazo acordado; frequência de defeitos; controle do orçamento; taxa de erros; confiabilidade; disponibilidade; cobertura de testes.

Informações sobre o desempenho

As informações sobre o desempenho das atividades devem ser coletadas regularmente durante a execução do projeto. Alguns importantes resultados de desempenho são: as mensurações do desempenho técnico; o curso de andamento de entregas do projeto; a evolução do cronograma; os custos envolvidos.

Medições de controle de qualidade

As medidas de controle de qualidade derivam das operações de controle de qualidade. Elas servem para analisar os processos e os padrões de qualidade da empresa que executa o projeto.

Aquelas medições são documentadas conforme o formato determinado pelo planejamento de qualidade.

As ferramentas e as técnicas

As ferramentas e as técnicas usadas na efetivação da garantia da qualidade dividem-se em:

  1. ferramentas e técnicas de planejar a qualidade e realizar o controle de qualidade;
  2. auditorias da qualidade;
  3. análise de processos.

Ferramentas e técnicas de planejar a qualidade e realizar o controle de qualidade

O business case de cada atividade de qualidade efetua a comparação do custo de cada etapa de qualidade com o benefício almejado. Cumprindo os requisitos de qualidade, é possível reduzir o retrabalho e os custos, bem como aumentar a produtividade e a satisfação de todos os envolvidos (análise de custo-benefício).

Já o custo de qualidade (CDQ) envolve todos os custos acontecidos durante a vida do projeto: investimentos na prevenção do não cumprimento dos requisitos; avaliação do projeto sobre o cumprimento dos requisitos; retrabalho (não-cumprimento dos requisitos).

Os custos relativos a erros geralmente são classificados como internos (identificados pelo projeto) e externos (identificados pelo cliente). São chamados de custos de má qualidade.

Auditorias da qualidade

Uma auditoria de qualidade trata-se de uma revisão estruturada para definir se as operações estão seguindo as políticas e os procedimentos do projeto e da organização responsável.

A auditoria deve: identificar as melhores práticas que estão sendo desenvolvidas; identificar deficiências e lacunas; aplicar as práticas eficientes em outros projetos na empresa e/ou no departamento específico; disponibilizar suporte para a equipe melhorar os processos e otimizar a produtividade; elencar os benefícios de cada auditoria para aumentar o nível de aprendizado da organização.

Análise de processos

Essa análise considera todas as etapas do plano de melhoria dos processos, identificando as melhorias mais urgentes. Tal atividade envolve ainda os problemas que surgiram, as restrições apresentadas e as atividades que não têm valor agregado.

A análise de causas-raiz é uma técnica específica para detectar um problema e as causas mais ocultas que o motivaram, desenvolvendo estratégias preventivas.

As saídas

As saídas, por sua vez, dividem-se em:

  1. atualizações em ativos de processos organizacionais;
  2. pedidos de mudanças;
  3. atualizações no plano de gerenciamento do projeto;
  4. atualizações nos documentos do projeto.

Atualizações em ativos de processos organizacionais

Para efetuar a garantia da qualidade, é preciso atualizar ativos de processos organizacionais relacionados aos padrões de qualidade.

Mas vale a pena lembrar que não são somente ativos de qualidade que podem ser atualizados.

Solicitações de mudanças

O cumprimento da garantia da qualidade implica em aplicar ações que aumentem a eficiência dos processos da organização que executa o projeto.

Os pedidos de mudanças podem ser usados tanto para a adoção de ações corretivas quanto de prevenção ou para efetuar a correção dos defeitos.

Atualizações no plano de gestão

Essas atualizações envolvem: plano de gestão da qualidade; plano de gestão do cronograma; plano de gestão de custos.

Atualizações nos documentos

Entre os documentos do projeto que podem sofrer atualizações no Realizar a Garantia da Qualidade, destacam-se: os relatórios emitidos pelas auditorias de qualidade; os planos relativos ao treinamento da equipe e os documentos processuais.

Já sabe agora como realizar a garantia da qualidade de seus projetos? Aproveite para seguir a Project Builder nas redes sociais: Facebook e Youtube!

Sobre Project Builder

Esta área é reservada para a biografia do autor e deve ser inserida para cada autor a partir da seção Informações biográficas, no painel administrativo. Caso deseje incluir links para as redes sociais de cada autor do site, recomendamos que instale o plugin WordPress SEO. Após instalado, o plugin criará os respectivos campos para links das principais redes sociais (Facebook, Google Plus e Twitter). Após preenchidos os campos, os links de cada rede aparecerão automaticamente aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *