Projetos

3 minutos A gestão de projetos pode ser melhor organizada se a empresa tiver como prática a criação de portfólios e programas de projetos, que englobarão todos os projetos da empresa de forma ordenada e segmentada. Parar criar programas e portfólios de projetos você pode utilizar o Project Builder, que foi desenvolvido exatamente para que a sua empresa tenha maior tranquilidade ao gerir seus projetos e possa trabalhá-los de maneira estratégica, contribuindo para o pleno desenvolvimento das inovações da empresa e de seus clientes. Com Continue

4 minutos Gerenciamos riscos o tempo todo, seja na vida pessoal ou no trabalho. Muitas vezes conseguimos eliminar alguns riscos com atitudes preventivas, mas em outras situações o negócio é tentar reduzir o impacto sofrido para que possamos continuar com nossos projetos. No gerenciamento de projetos acontece da mesma forma. Quando estabelecemos o escopo do projeto, já definimos de antemão alguns riscos a que este projeto está sujeito, como por exemplo, temporadas de chuvas no sul, impossibilitando a continuidade de uma obra e, consequentemente, gerando Continue

3 minutos O escopo é o que define todo o trabalho a ser desenvolvido no projeto, determinando desde os objetivos e metas até os requisitos necessários, as premissas e restrições do projeto, o cronograma e os marcos, entre outros. Dentro do gerenciamento de escopo visualizamos 5 fases: planejamento, definição, EAP, verificação e controle. Determinados os 4 primeiros itens, cabe ao gerente de projetos e à sua equipe controlar o escopo até que ele mude. Sim, ele irá mudar, mais cedo ou mais tarde.  O Continue

3 minutos Embora a gestão de projetos seja uma atividade primordial para o sucesso de qualquer empresa no mercado, poucos são os empreendedores que conseguem estruturar esse processo para torná-lo viável, principalmente quando nos referimos às startups e às PMEs – que, evidentemente, precisam trabalhar com uma logística interna extremamente simples. O grande desafio é que, na maioria dos casos, a capacidade de execução dessas pequenas empresas não é suficiente para atender todas as suas demandas. A solução? Um pouco de organização e planejamento. Continue

3 minutos Tenho me deparado com muitas pessoas me perguntando: “Mas Vitor, o que significa ser ágil em projetos?” e com algumas definições, tais como: “Ser ágil é correr para fazer entregas rápidas, focando nas equipes autogerenciáveis” Em primeiro lugar, quem acompanha minhas palestras e workshops, sabe que tenho algumas restrições à palavra “autogerenciável”. Acredito que a palavra mais adequada ser utilizada é auto-organização.  Em segundo lugar, correr para fazer algo resulta quase sempre nas imagens abaixo: Outra definição distorcida: “Ser ágil é trabalhar Continue

3 minutos A fase de execução do projeto é onde o planejamento é colocado à prova, pois chega o momento de colocar tudo em ação e ir em busca dos resultados almejados. É, portanto, a fase mais importante, quando erros e acertos devem ser calculados para que não haja surpresas desagradáveis. Sabendo disso, trouxemos para você 7 dicas para a execução do projeto de maneira tranquila e equilibrada. Confira! Foque-se na comunicação Os gerentes de projetos gastam entre 70% e 80% do seu tempo Continue

3 minutos Novo projeto, novos desafios. Até mesmo os empreendedores mais experientes enfrentam problemas durante a elaboração de novos produtos ou serviços. Afinal de contas, os riscos são uma parte do processo e, para aumentar as chances de sucesso, é preciso estar preparado para inúmeros cenários. No entanto, a fase inicial é fundamental para que tudo dê certo, apesar de muitas vezes ser negligenciada por alguns desenvolvedores. Certamente também é um dos momentos mais difíceis. Começar com o pé direito pode determinar o sucesso Continue

3 minutos Parte de todo ser humano, a comunicação ainda é um dos grandes problemas no mundo corporativo, afinal, somos reflexo daquilo que vivenciamos ao longo de nossas vidas, e cada pessoa tem suas próprias experiências e seu modo de ver o mundo. Quando uma comunicação é feita, cada envolvido a recebe de acordo com o seu histórico de vida, e isso fatalmente dificulta o relacionamento interpessoal. Na execução de um projeto isso não é diferente. Temos equipes multidisciplinares, com cultura e valores diversos, Continue

2 minutos Quando nos deparamos com a palavra “design” logo a relacionamos com criar objetos elegantes ou embelezar o mundo ao nosso redor. Mas ao contrário do que parece ser, o design vai além de criar coisas belas. Em 2009 um novo conceito foi compartilhado ao mundo – o conceito do design thinking. Mas, o que é design thinking e o que ele tem a ver com gestão de projetos? Como surgiu o design thinking O termo design thinking foi assumido e divulgado a Continue

3 minutos Comecemos pelo começo: projetos são grandes investimentos que devem trazer algum tipo de retorno para a empresa. Certo? Certíssimo! E mesmo que o objetivo do projeto seja voltado para o social — como, por exemplo, melhorar o relacionamento com o cliente —, essas metas devem ser quantificáveis a ponto de se conseguir determinar seu retorno sobre o investimento, o famoso ROI. O ROI deve mostrar o valor real do projeto para a empresa, demonstrando quanto ele trará de benefícios, além de provar, Continue