Gestão

4 minutos Contratar um gerente de projetos para organizar os serviços, o desenvolvimento de produtos e as iniciativas de uma determinada área tem sido o caminho trilhado por muitas empresas que precisam controlar melhor seus prazos e seus custos, ganhar produtividade e aumentar a previsibilidade das iniciativas organizadas como projeto como um todo. Se do lado da empresa as expectativas são grandes, do lado do profissional recrutado para colocar ordem no caos os desafios são simplesmente enormes. Como se mudar a cultura já não fosse uma missão Continue

4 minutos Por mais que agora esteja na moda falar em crises, a verdade é que, infelizmente, elas nunca saem de cena. Assim, seja na economia, na saúde, nos relacionamentos ou nas empresas, as temidas crises sempre estão por ali para nos lembrar de que nem tudo é perfeito. Mas já que elas são praticamente inevitáveis, o negócio é aprender a fazer um bom gerenciamento para não perder demais, não é mesmo? Pois foi pensando nessa batalha que decidimos produzir este post, a fim Continue

2 minutos As partes interessadas no projeto que você gerencia devem ser foco de sua atenção e dedicação contínuas. A rotina do gerente de projetos envolve muita argumentação e conciliação de interesses diversos. Você fica nesse meio de campo e precisa ter jogo de cintura para equilibrar esse jogo e encaminhar seu time para a vitória. Para isso, é preciso convencer as pessoas diretamente interessadas no projeto que você gerencia: os stakeholders. São eles que vão patrocinar, apoiar ou dar os subsídios necessários para Continue

1 minuto O sucesso de um projeto dependerá do comprometimento das partes interessadas. Uma boa gestão de stakeholders permitirá envolver e engajar essas pessoas, aumentando as chances de sucesso do projeto.     Claro que com o crescente interesse pela área surgem também algumas dúvidas comuns como, por exemplo, quais são os processo, conceitos, de que forma implantar uma gestão efetiva de partes interessadas, etc. Sendo assim, criamos um material bem completo para mostrar conceitos, processos e as melhores práticas da gestão de Stakeholder Continue

12 minutos De fato, o ideal para uma organização é trabalhar no nível de otimização de recursos, o que significa estar no máximo de sua produtividade sem sobrecarga dos colaboradores ou força produtiva ociosa.  Contudo, existem diversas razões para a empresa se deparar com algum funcionário ocioso (ou vários funcionários ociosos). Logo, é mais que válido darmos uma olhada minuciosa nas causas e possibilidades de reversão desse quadro. Já imaginou, por exemplo, que a causa pode estar diretamente relacionada a uma questão de gerenciamento? Ou será que isso Continue

7 minutos Provavelmente você deve conhecer as habilidades essenciais de um gerente de projetos. Se ainda não conhece, dê uma olhada nesse artigo. Acontece que a carreira no gerenciamento de projetos não é para todos. Enquanto alguns profissionais podem demonstrar inclinação para serem excelentes gestores, outros simplesmente não tem fit para a posição. Portanto, é importante conhecer as características que denotam um péssimo gerente de projetos, tanto para que recrutadores possam fazer uma seleção assertivo de um GP, quanto o profissional se auto avaliar: se Continue

8 minutos Ao longo dos anos, muitas ferramentas, técnicas e metodologias têm emergido com o intuito de facilitar os trabalhos de gestão. A necessidade de garantir a qualidade e, ao mesmo tempo, poupar investimentos tem incentivado ainda mais o nascimento de novas formas de gerir os recursos. Fazer mais com menos tornou-se uma máxima cada vez mais presente no mundo empresarial, e isso só se tornou possível graças aos esforços no desenvolvimento de novos modelos de trabalho. O que antes parecia um contrassenso – Continue

6 minutos A rotina de um projeto normalmente se desenrola em um ambiente frenético, em que a preocupação com resultados é latente e todos parecem lutar contra o relógio. Ter que lidar, constantemente com atividades atrasadas, sem saber por onde começar. Ou talvez consiga cumprir a maior parte dos prazos, mas sente que está sempre “apagando um incêndio” atrás do outro. Estou certo? Nesse caso, o gerenciamento de tarefas voltado para a criação de prioridades pode resolver o problema. Sem que haja um trabalho Continue

6 minutos A implementação de sistemas de automação de serviços profissionais – também conhecidos como PSAs (Professional Services Automation) – nas empresas voltadas à prestação de serviços é uma tendência. E a razão é muito simples: essas soluções contribuem para a interligar o gerenciamento de projetos com as mais demais áreas. Quer dizer, um único sistema para vendas, contratos, faturamento, recursos humanos e para a gestão de projetos em si. Além da gestão integrada dos departamentos proporcionar maior agilidade e consistência de informação, poupa Continue

6 minutos Segundo o Instituto de Gerenciamento de Projetos (PMI, na sigla em inglês), todas as empresas executam dois tipos de trabalho: projetos e o trabalho operacional. O trabalho operacional permite uma sistematização dos processos, visto que possui uma natureza repetitiva de trabalho. Já os projetos possuem datas de início e término específicas, tornando-os de natureza única. Assim, misturar membros destas equipes pode dificultar o processo de sistematização e desenvolvimento de metodologias para a execução das tarefas.  Uma grande parte das organizações têm sentido Continue