Project Builder - Software de Gestão de Projetos

Maior Blog de Gestão de

Projetos do Brasil

Junte-se aos nossos 100 mil leitores e receba atualizações, ebook, webinario, planilhas, templates, artigos e dicas imperdíveis para ter sucesso na gestão de projetos

69

Startups como planejar em um cenário de grande incerteza

Startups são empresas que normalmente nascem em ambientes de incerteza, cenários em que é preciso ousar para alcançar o sucesso. Suas grandes armas contra a competitividade acirrada são o crescimento rápido e escalável, a replicação do modelo de negócio sem perder no quesito qualidade do que é oferecido e uma grande capacidade de inovação. Mas a verdade é que, mesmo com essas características, é preciso saber como planejar o empreendimento para que ele cresça ordenadamente. Caso contrário, o caos pode tomar conta.

Na prática, a falta de planejamento se mostra como uma das maiores responsáveis pela mortalidade das startups pelo mundo afora. No Brasil, segundo pesquisa da Fundação Dom Cabral, 25% morrem em menos de um ano. 50% fracassam em menos de quatro anos. E dentre os fatores que contribuem para esse alto nível de mortalidade estão a quantidade de fundadores (quanto maior, menos chances de sobrevivência), o capital investido para manter a operação e o local onde essas empresas são instaladas.
O site CB Insights elaborou um R.I.P. Report mostrando os motivos que geralmente levam as startups ao fracasso. Nesse levantamento, 79% das empresas que deixaram de existir eram ligadas ao setor de internet, enquanto 15% envolviam as áreas mobile e telecom. Ou seja, mesmo com toda a tecnologia do mundo, sua iniciativa pode sim falhar sem o devido planejamento. E como erros acontecem, estamos aqui para ajudá-lo a entender como planejar uma startup de sucesso e fugir desses números aterrorizantes. Quem sabe sua ideia não se transforma na próxima revolução tecnológica? Confira:

Continuar lendo
150

Agile entenda o que é o burnup chart

Um burnup chart (ou gráfico de burnup) fornece informações sobre o status do projeto como um todo e não apenas do sprint, como é o caso do gráfico de burndown. É uma ferramenta que exibe claramente em que ponto o time está no que se refere às entregas e onde ele precisa chegar quando se trata de demandas.

Já podemos adiantar que esse gráfico é constituído de dois eixos: o eixo horizontal apresenta o fator tempo e o eixo vertical vem com o montante de trabalho. Nessa lógica, as unidades de trabalho podem ser representadas por pontos, medidas de esforço ou até horas, conforme o que é praticado no dia a dia pela equipe. Quer conhecer mais sobre esse recurso? Então acompanhe agora mesmo nosso post:

Continuar lendo
161

como planejar o sprint

A reunião de planejamento de sprint é um momento fundamental para o projeto, pois ela vai definir quais tarefas vão entrar neste determinado sprint e a prioridade delas. Engana-se quem acredita que a metodologia ágil elimina o planejamento e parte para a execução de maneira cega. Tudo é acompanhado, mas de forma otimizada, pois não temos tempo a perder!

Neste post, vamos falar em como funciona as reuniões de planejamento dos Sprints para que estas não sejam mais longas do que devem (a metodologia é ágil, lembre-se disso) e todos saiam satisfeitos e com clareza do que devem produzir a seguir.

Continuar lendo
208

como usar bi para melhorar produtividade

Em épocas passadas, muitas das empresas que investiam recursos em Business Intelligence (BI) acabavam não logrando êxito em suas operações. As constantes queixas dos usuários sobre a má qualidade das informações e a dificuldade em lidar com os sistemas e as ferramentas de BI eram prova mais que suficiente disso. Mas a verdade é que esses problemas eram acarretados por detalhes nos projetos de implementação. Na prática, quando o BI é bem implantado, torna-se uma ferramenta de valor inestimável no gerenciamento de projetos.

Vale dizer que o BI não se baseia apenas na instalação de aplicações tecnológicas para automatizar processos, mas sim em uma forma de captar dados consolidados, capazes de oferecer ao gestor condições de colocar em prática uma série de análises e projeções antes de tomar qualquer decisão. Com tamanho amparo tecnológico, o BI consegue otimizar os trabalhos de todo o time enquanto acompanha e sinaliza sobre possíveis problemas. Não parece ideal? Então acompanhe os tópicos seguintes e veja como melhorar a produtividade da equipe de implementação!

Continuar lendo
225

a cultura organizacional e o gerenciamento de projetos

Infelizmente, muitas empresas encontram dificuldades em amadurecer no gerenciamento de projetos por questões puramente culturais. Dependendo da cultura organizacional implementada, os colaboradores podem se acomodar, sentindo-se desestimulados para toda e qualquer tentativa de inovação, revisão de processos ou mesmo melhoria. Muitas vezes, portanto, a cultura organizacional acaba funcionando como uma barreira quase impenetrável, fazendo com que muitos gestores tenham dificuldade para implementar um gerenciamento de projetos eficiente.

Mas o que é essa tal cultural organizacional e como ela se relaciona com o gerenciamento de projetos? Veja como funciona essa interação nos tópicos seguintes! 

Continuar lendo

Últimos e-Books grátis:

  • capa ebook blogslow2
    Estratégia
  • 7-segredos
    Estratégia
  • Capa-ebook-10passos2
    Práticas
  • ebook-bi
    Estratégia
  • gerenciamentoagil-blog
    Produtividade
  • canvasmodel-blog
    Práticas